Carrinho vazio.
Melancia Charleston Gray - Sachê 3g
×
Melancia Charleston Gray - Sachê 3g
Melancia Charleston Gray - Sachê 3g
R$ 1,75
(indisponível)
Avise-me quando chegar:
INFORMAÇÕES TÉCNICAS
ÉPOCA DE PLANTIO Região Sul e Sudeste- Agosto a Dezembro
Demais Regiões - Março a Outubro
CICLO 90 a 120 dias
ESPAÇAMENTO 2 m entre linhas
1,5 m a 2 m entre plantas
GERMINAÇÃO 8 a 16 dias
DENSIDADE DE SEMEADURA 0,7 kg/há
PLANTAS / HÁ 2.500 a 3.300 plantas
Nº SEMENTES / GR 15 sementes

CARACTERÍSTICAS DA VARIEDADE
HÁBITO DE CRESCIMENTO Rasteiro indeterminado
FORMATO DO FRUTO Cilíndrico alongado (oblongo)
COR DA CASCA Verde-clara com listras finas verde-escuras
COMPRIMENTO DO FRUTO 40 cm a 60 cm
DIÂMETRO DO FRUTO 20 cm a 28 cm
PESO 8 a 16 kg
OBSERVAÇÕES Variedade rústica, de folhagem bastante vigorosa.
Resistente à "Antracnose" (Colletotrichum orbiculare) e "Murcha de Fusarium" (Fusarium oxysporum f. sp. niveum) e à "Broca das Cucurbitáceas" .
Rendimento: 25 a 60 ton/há

RECOMENDAÇÕES DE CULTIVO
MODO DE PLANTIO A semeadura é feita em local definitivo, utilizando 4 a 5 sementes por cova, enterradas numa profundidade de 2 cm. Fazer raleio quando a planta estiver com 4 a 6 folhas (cerca de 25 a 35 dias após a semeadura), deixando 2 plantas por cova.
ADUBAÇÃO Utilizar de 1 a 2 kg de esterco curtido ou 1 kg de húmus por cova. A suplementação de nitrogênio induz a uma maior formação de flores femininas. Para obter melhor resultado, parcelar a aplicação em 50% no plantio e 50% em cobertura, aos 30 dias.
Também pode ser utilizada adubação foiliar, com biofertlizante líquido diluído em água de 0,5% até 5%, aplicado desde a fase de 4 a 6 folhas até a fase de início do florescimento, em doses progressivas, a cada 15 dias.
CONSORCIAÇÃO Feijão, milho e mandioca.
ROTAÇÃO Evitar cultivar a seguir ou em consórcio com cucurbitáceas e solanáceas e evitar cultivar no mesmo local num período superior a 2 anos.
IRRIGAÇÃO Irrigar diariamente a cova, sem encharcar, até 30 dias após o semeio; daí em diante irrigar de 4 em 4 dias até início da maturação dos frutos, na quantidade de 4 a 8 litros por cova. Caso contrário, a produtividade e a qualidade dos frutos pode ser prejudicada. Plantas novas, solos arenosos e temperaturas elevadas exigem irrigações mais frequentes e em menores quantidades. Plantas adultas e solos argilosos devem ser irrigados com intervalos mais espaçados, porém com maior quantidade de água.
Evite regas e pulverizações no período da manhã, para não interferir no processo de polinização. Na fase de floração a irrigação deve ser minimizada, visando proporcionar ambiente favorável aos agentes polinizadores.
EXIGÊNCIAS DE CLIMA Necessita de locais com alta incidência solar. Expressa maior potencial de produção quando cultivada em clima quente e não tolera geadas.
EXIGÊNCIAS DE SOLO Cultura tolerante a solos ácidos, tolerando pH de até 5,0. Desenvolve-se melhor quando cultivada em solos leves, profundos e com altos teores de matéria orgânica.
OUTRAS RECOMENDAÇÕES A polinização é favorecida pela presença de abelhas. Em plantios comerciais, recomenda-se utilizar de 1 a 2 caixas/há.
Para obter frutos de melhor qualidade, recomenda-se fazer a poda das duas primeiras flores de cada planta, para que ocorra um florescimento com uma maior quantidade de folhas. Também pode-se fazer raleio dos frutos, quando estes atingirem 10 cm de diâmetro, deixando de 3 a 4 por planta, para que cresçam maiores e com mais sabor.
Em regiões de sol intenso, é importante fazer a proteção dos frutos já formados (em processo de maturação) do excesso de radiação, cobrindo-os com palha seca.
O ponto de colheita é quando a planta apresentar o pedúnculo (talo) que liga o fruto á planta seco.
A Rede de Sementes Agroecológicas BioNatur é uma cooperativa de agricultores e agricultoras assentados pela Reforma Agrária, produtores de sementes de diversas espécies de hortaliças, plantas ornamentais, forrageiras e grãos, em sistemas de produção de base agroecológica.
A opção pela Agroecologia tornou a BioNatur uma experiência pioneira no Brasil e na América Latina. Esta experiência iniciada por 12 famílias assentadas nos municípios de Candiota e Hulha Negra, no Estado do Rio Grande do Sul, hoje envolve mais de 180 famílias, nos estados do Rio Grande do Sul e Minas Gerais.
Nosso principal objetivo é produzir e comercializar sementes agroecológicas que possam ser cultivadas, multiplicadas, conservadas e melhoradas pelos agricultores que as adquirem, expressando seu potencial produtivo e sua capacidade de adaptação ás diferentes regiões do Brasil.
Fale conosco